Ao Cair da Noite

Fórum para discussão e criação do RPG Ao Cair da Noite, de Tiago José Deicide Galvão Moreira, autor de Anjo: A Salvação e Demônio: O Preço do Poder.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 PONTOS DE PODER

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Padre Judas
Admin
avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/05/2015
Idade : 36
Localização : Belo Horizonte/MG

MensagemAssunto: PONTOS DE PODER   Seg Jul 13, 2015 9:04 pm

Olá.

O fórum está praticamente morto (e nem "nasceu" direito ainda). Só o Pi está participando um pouco mais, e está de parabéns por isso, mas até o momento ninguém se propôs a apresentar alguma proposta para um dos livros pendentes (anjos, demônios, etc.).

Esta é uma tentativa minha de animar o fórum, e dar o pontapé na discussão sobre os sistemas de poderes, mas especificamente da "energia" deles. Me deu um estalo aqui e escrevi isso em uma hora, mais ou menos. É bem verde, mas espero que possa servir para uma base de discussão (pelo menos para trazer o pessoal pra discutir).

-----------------------------

Para permitir o uso de seus poderes, algumas criaturas sobrenaturais precisam fazer uso de uma fonte de poder exclusivo, a qual somente eles possuem acesso. Cada raça possui sua própria fonte, mas elas são, em essência, a mesma. O termo genérico para se referir a essas é “Pontos de Poder”. Assim, sempre que uma habilidade fizer referência aos “Pontos de Poder” do alvo, fica claro do que se trata.

O valor regular dos Pontos de Poder é 20. Certos efeitos sobrenaturais podem alterar este valor, aumentando ou diminuindo o nível máximo, seja por algum tempo, seja de modo permanente.

Os termos particulares usados por cada raça para se referirem aos seus Pontos de Poder e a forma particular como cada raça lida com eles (uso, recuperação, etc.) são os seguintes:

Celestiais: Alma. Celestiais usam Pontos de Alma para ativar alguns de seus Factum. Pontos de Alma são recuperados testando o Histórico: Trilha de Pureza (existem várias Trilhas, mas o Celestial só pode adquirir uma de cada vez).

Infernais: Alma. Como os Celestiais, Infernais usam Pontos de Alma. Para recuperar os Pontos gastos, devem testar o Histórico: Maldição (como as Trilhas, só é possível a um Infernal ter uma Maldição). Adicionalmente, Infernais podem adquirir Pontos de Alma de outros Infernais, Celestiais e, principalmente, Humanos (veja mais abaixo).

Anunnaki: Sangue. Anunnaki usam Pontos de Sangue para se curar e utilizar seus Legados.

Somente o sangue humano (ou de algumas criaturas sobrenaturais) pode sustentar o vampiro. Cada fonte possui 1 Ponto de Sangue para cada Nível de Saúde que tiver (15 para seres humanos comuns), e cada Ponto de Sangue absorvido desta forma causa perda de 1 Nível de Saúde da fonte. A exceção são Infernais e Celestiais, que não dependem de seu sangue para viver.

Existem dois tipos de Pontos de Sangue, entretanto: Sangue Vivo e Sangue Morto. Quando se alimenta de uma fonte viva, o vampiro absorve Sangue Vivo. Este deve ser marcado com uma barra (“/”). Retirando seu sangue de um cadáver, bolsa de sangue ou equivalente, absorve Sangue Morto, que deve ser marcado com um “X”. O Sangue Morto deve ser alocado sempre à esquerda da Barra de Sangue, e sempre que o vampiro precisa gastar seu Sangue, ele deve começar pela direita (o que quer dizer que ele gasta Sangue Vivo primeiro). Sangue Vivo permite ao vampiro afastar-se da Sombra do Mundo e parecer mais vivo, mais humano, podendo interagir melhor com mortais e com o mundo. Nesta condição, o vampiro é capaz de simular funções vitais, como digerir alimentos e ter prazer sexual. Sangue Morto provê sustento e permite usar os Legados, mas não causa o mesmo efeito excepcional. Quanto menos Sangue Vivo o vampiro possui em seu corpo, mais parecido com um cadáver ele será.

Mas o Sangue não permanece vivo no corpo do vampiro por muito tempo. A cada hora, o vampiro perde um Ponto de Sangue Vivo e ganha um Ponto de Sangue Morto, aproximando-se cada vez mais da Sombra e revelando sua verdadeira natureza.

Lobisomens: Fúria. Lobisomens usam Pontos de Fúria, que é adquirida sempre que o personagem fica nervoso com alguma coisa ou ouve o Chamado da Lua.

-----------------------------

Humanos: Alma. Humanos também possuem Pontos de Alma. Diferente de Celestiais e Infernais, Humanos não possuem meios naturais de gasto ou recuperação de Alma, mas eles ainda podem perder Pontos. Podem traficar com Infernais, usando seus Pontos de Alma como moeda. Além disso, perdem Pontos de Alma sempre que recebem um Investimento, Investidura ou outra habilidade sobrenatural permanente, como os possuidores do Histórico Herança.

Criaturas sobrenaturais que tenham origem humana também podem ter Pontos de Alma, em menor nível que Humanos “puros”. Isto inclui Imortais, Carniçais, Revenantes, Fantasmas, Lobisomens e Vampiros. Imortais perdem um Ponto de Alma cada vez que matam alguém violentamente e falham no teste de sanidade. Eles podem recuperar o Ponto perdido com o tempo, a critério do Narrador. Se degenerarem a ponto de se tornarem Carniçais, perdem todos os Pontos de Alma que ainda possuíam. Carniçais perdem Pontos de Alma a cada estágio. Ao atingir o terceiro estágio, eles perdem os últimos Pontos de Alma que possuíam (se ainda tinham algum). Vampiros e Lobisomens normalmente só perdem seus Pontos de Alma se os vender a Infernais.

E qual a importância da Alma para estes seres? Basicamente, perda de Pontos de Alma indicam “cicatrizes” na Alma do indivíduo. Os Guardiões usam estas cicatrizes para determinar o destino da pessoa após a morte, e também podem ser percebidas com certos poderes sobrenaturais (como o Factum Lex) ou feitiços específicos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://aocairdanoite.forumeiros.com
O Pi

avatar

Mensagens : 88
Data de inscrição : 01/06/2015
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Qua Jul 15, 2015 9:17 pm

Sangue Morto pra Anunnaki? Mas eles não se alimentam de sangue propriamente dito. Eles se alimentam de vida. O sangue é apenas a forma como eles roubam a vida. Já foi dito que beber sangue morto é como comer carniça. Não traz nutrição nenhuma e é nojento pra caramba.
O Ladrão de Sopros é outra criatura que se alimenta de vida, roubando-a da respiração da vítima. Não faria sentido ele roubar a respiração de um morto.

Já Pontos de Alma pra mortais é uma mecânica redundante. Mortais já possuem sua alma quantificada nas regras. Chama-se Eidolon. Os Aegis são o aspecto fixo, e o Gladius é o aspecto transitório, a energia que se consome e se recupera. Criar outra mecânica pra isso é uma complicação desnecessária do sistema.
As "cicatrizes" da alma feitas por alteração cuidadosa, as "cirurgias", são a pontuação de Danação/Iluminação. As "cicatrizes" feitas naturalmente, por "feridas", são os traumas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Padre Judas
Admin
avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/05/2015
Idade : 36
Localização : Belo Horizonte/MG

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Qui Jul 16, 2015 10:01 am

Não concordo com a ideia de que sangue morto não pode ser usado. Sangue guardado para transfusão, por exemplo, está tão "vivo" quanto o sangue dentro das pessoas.

Mas eu também não curti muito essa regra, mas porque a achei demasiado complexa. É desagradável ter que ficar calculando as horas em jogo pra ir marcando o sangue na ficha. É preciso reconsiderar. Hmm...

E eu esqueci dessa regra de Iluminação/Danação. Ok.

E Eidolon todos os seres que possuem alma o têm, incluindo anunnaki, celestiais, infernais... A ideia era ter uma habilidade extra, quer seriam os pontos de energia usados para alimentar os poderes sobrenaturais. E algo que os infernais pudessem absorver, já que "alma" é uma moeda no Inferno.

_________________
Para toda Luz há uma Sombra, mas as Trevas sempre sucumbem diante do Sol!

- Arcanjo Padre Judas, Serafim dos Líberes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://aocairdanoite.forumeiros.com
O Pi

avatar

Mensagens : 88
Data de inscrição : 01/06/2015
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Sex Jul 17, 2015 5:01 pm

Se sangue guardado para transfusão estivesse tão vivo quanto o sangue dentro das pessoas, estaria correndo por veias e artérias, cumprindo seu papel biológico intrínseco, e não parado dentro de bolsas com anticoagulantes e refrigerados para que não coagule e apodreça. Da mesma forma, um coração parado, sem bombear sangue, aguardando ser transplantado, não está vivo. Uma mão decepada conservada no gelo para a reimplantação também não está viva. Ser orgânico e aproveitável não é o mesmo que ser vivo.

Os pontos de energia usados para alimentar os poderes sobrenaturais não são a alma. São apenas a energia específica de cada criatura, usada para alimentar suas habilidades especiais. A alma é mais do que isso. Muito mais.
Toda criatura que possui alma, possui Aegis e Gladius. Se não possui alma, o único Eidolon é o Instinto. Por exemplo, temos o Ladrão de Sopros, uma criatura que não possui alma, mas possui pontos de energia usados para alimentar suas capacidades sobrenaturais.

Almas, como a moeda usada no Inferno, são pessoas: As almas condenadas. Quando uma pessoa "vende sua alma", ela não está simplesmente "dando energia" para um demônio. Ela está vendendo a si mesma, garantindo que será um escravo no Inferno após sua morte.
Sim, o demônio ganha energia com essa transação, mas não é porque "absorve a alma" do pactuante. A alma continua com o dono, porque a alma É o dono. Não existe forma de separar uma pessoa de sua alma. Seria como separar a luz de sua iluminação.

Mas então de onde vem a energia que o demônio recebe? Para isso, eu teria duas possibilidades.
- A energia vem da alma do mortal. E qual é a energia da alma do mortal? O Gladius. Logo, o mortal gasta um ponto de Gladius quando vende sua alma. Essa energia é convertida para Pontos de Alma, da mesma forma que é convertida para Pontos de Ressonância pelo ritual de Agradecer aos Espíritos.
- A energia vem do Inferno. O demônio é recompensado pelo próprio Inferno, ao garantir mais uma alma para ele, da mesma forma que recebe energia quando age de acordo com sua Maldição.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Padre Judas
Admin
avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/05/2015
Idade : 36
Localização : Belo Horizonte/MG

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Sab Jul 18, 2015 11:38 am

O Pi escreveu:
Mas então de onde vem a energia que o demônio recebe? Para isso, eu teria duas possibilidades.
- A energia vem da alma do mortal. E qual é a energia da alma do mortal? O Gladius. Logo, o mortal gasta um ponto de Gladius quando vende sua alma. Essa energia é convertida para Pontos de Alma, da mesma forma que é convertida para Pontos de Ressonância pelo ritual de Agradecer aos Espíritos.
- A energia vem do Inferno. O demônio é recompensado pelo próprio Inferno, ao garantir mais uma alma para ele, da mesma forma que recebe energia quando age de acordo com sua Maldição.

Pode ser os dois.

Estou revendo as regras de sangue. Vou deixar como está, então, e criar um ritual que permita ao vampiro preservar a vida do sangue (mais pra frente, supondo que consigamos desenvolver mais as regras).

_________________
Para toda Luz há uma Sombra, mas as Trevas sempre sucumbem diante do Sol!

- Arcanjo Padre Judas, Serafim dos Líberes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://aocairdanoite.forumeiros.com
O Pi

avatar

Mensagens : 88
Data de inscrição : 01/06/2015
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Qua Ago 12, 2015 2:58 pm

Não acho que faça sentido um ritual que permita a um vampiro preservar a vida do sangue.

Um vampiro é um morto-vivo. Uma criatura morta, ligada à Sombra do Mundo. A ressonância dele é de morte, contrária à vida. Ele não gera vida, ele destrói. Ele não preserva vida, ele rouba.

Preservar a vida do sangue seria uma bênção, quando o vampiro é uma criatura maldita.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Padre Judas
Admin
avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/05/2015
Idade : 36
Localização : Belo Horizonte/MG

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Qua Ago 12, 2015 4:14 pm

Mas com magia é plenamente possível preservar a vida do sangue, independente da condição vampírica ser maldita ou não.

_________________
Para toda Luz há uma Sombra, mas as Trevas sempre sucumbem diante do Sol!

- Arcanjo Padre Judas, Serafim dos Líberes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://aocairdanoite.forumeiros.com
O Pi

avatar

Mensagens : 88
Data de inscrição : 01/06/2015
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Qui Ago 13, 2015 12:24 am

Não é o que diz essa lista de ritos impossíveis de serem feitos por um vampiro:
- Rito de Purificação
- Rito de Renovação
- Exorcismo
- Círculo de Proteção contra os Mortos
- Proteção contra os Mortos
- Amuleto contra os Mortos
- Possessão da Forma Primitiva
- Devorar a Essência
- Aspecto Feral
- Tornar-se a Fera
- Agradecer aos Espíritos
- Pacto Espiritual
- Evocar Pneuma (provavelmente apenas a versão de psicoplasma)
- Oferenda de Carne
- Sublimar a Alma
- Portal entre Mundos

A magia não é ilimitada. Ela depende de Ressonância. E um vampiro ressoa com a Morte, não com a Vida. Sua condição profana e maldita limita, sim, seus feitos místicos.

Porém, claro, isso é apenas minha opinião sobre o funcionamento oficial do cenário e sistema. Cada um faz como preferir em sua própria mesa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deicide
Admin
avatar

Mensagens : 112
Data de inscrição : 31/05/2015
Idade : 36

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Sex Ago 14, 2015 8:10 am

(FOi mal pelo sumiço, ando ocupado pra caramba com trabalho, e no tempo livro estou me dedicando a um projeto, que me deixa ocupado praticamente o tempo todo. Fazia umas semanas que não vinha aqui)

As contestações do Pi estão corretas.

Vampiros não podem se alimentar de sangue que não esteja "vivo" (i.e.: correndo pelas artérias e veias de um ser vivo). Vampiros se alimentam da vida das pessoas, o sangue é só um vetor.

(E, do ponto de vista de design, sempre achei tosco um vampiro poder se alimentar de sangue estocado. Tira o horror da condição vampírica e a torna meio patética.)

Você pode até tentar fazer um ritual para preservar a "vida" no sangue, mas o problema é que um vampiro não tem ressonância para fazer esse ritual, como disse o Pi. Foi uma decisão de design proposital. O vampiro precisaria da ajuda de um feiticeiro ou outro ser sobrenatural para conseguir preservar sangue desta maneira. E vale lembrar que alguém precisaria doar a "vida", ou seja, ou seria um ritual de magia negra, pois você precisa roubar o sangue e a "vida" de uma vítima durante o ritual, ou o ritualista ou um voluntário teria de doar sua própria "vida" ao sangue armazenado.

---------------------------------------------------

Sobre almas, também como o Pi disse, a pessoa é a alma, eles são inseparáveis. Os "pontos de alma" são a energia gerada por uma alma, o mesmo tipo de força que permite à alma fazer magia.

Quando o mortal vende sua alma, ele está cedendo parte de sua força ao demônio e no processo ganhando uma bela de uma "cicatriz" na alma que muito provavelmente vai condená-lo ao Inferno.

Citação :
Mas eu também não curti muito essa regra, mas porque a achei demasiado complexa. É desagradável ter que ficar calculando as horas em jogo pra ir marcando o sangue na ficha. É preciso reconsiderar. Hmm...

Mas a regra nem existe ainda! Mas a ideia é simples: quando o vampiro bebe sangue, você marca os pontos, e só os perde a cada despertar (ou usando pra curar/poderes). Aquele negócio do vampiro ficar mais "vivo" por um tempo é só um bônus não relacionado com os pontos em si (você perde o bônus, mas os pontos ficam). Seria algo mais ou menos assim: bebi dois pontos de sangue, terei duas horas (exemplo, a relação de pontos para horas pode ser outra) de "vitalidade", em que interação social é mais fácil e tenho certas vantagens e restrições. A ideia era que essas horas não se somam se você beber mais sangue depois, só se renovam (se eu tiver vitalidade por três horas, e beber mais um ponto de sangue, não soma no final, usa-se a maior duração).


(Preciso dar uma olhada nos outros tópicos, mas quero ler com atenção. Especialmente os de Rituais e Artefatos do Pi, que até onde vi estão ótimos, mas não pude me atentar aos detalhes.

Também quero tentar escrever algum dos Cleros que faltam, provavelmente Sancti, mas só terei tempo mais pra frente)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://drive.google.com/folderview?id=0B0O6h4ypgES5YURxSWlrN3Vt
Padre Judas
Admin
avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 30/05/2015
Idade : 36
Localização : Belo Horizonte/MG

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Sex Ago 14, 2015 9:29 am

É magia negra mesmo se a doação for voluntária?

A ideia do post é servir como pontapé inicial para irmos desenvolvendo as regras. Não sou bom com esta parte mais mecânica, só postei minhas considerações iniciais pra servir de estopim.

_________________
Para toda Luz há uma Sombra, mas as Trevas sempre sucumbem diante do Sol!

- Arcanjo Padre Judas, Serafim dos Líberes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://aocairdanoite.forumeiros.com
O Pi

avatar

Mensagens : 88
Data de inscrição : 01/06/2015
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Sex Ago 14, 2015 2:59 pm

- Ou seria um ritual de magia negra, pois você precisa roubar o sangue e a "vida" de uma vítima durante o ritual;
- Ou o ritualista, ou um voluntário, teria de doar sua própria "vida" ao sangue armazenado.

Só é magia negra se a vida tiver de ser roubada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deicide
Admin
avatar

Mensagens : 112
Data de inscrição : 31/05/2015
Idade : 36

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Sex Ago 14, 2015 3:35 pm

O Pi escreveu:
- Ou seria um ritual de magia negra, pois você precisa roubar o sangue e a "vida" de uma vítima durante o ritual;
- Ou o ritualista, ou um voluntário, teria de doar sua própria "vida" ao sangue armazenado.

Só é magia negra se a vida tiver de ser roubada.

Sim, e clarificando, que agora que reli meu texto vi que não deixei claro, a versão de magia negra poderia ser praticada por um feiticeiro vampiro (porque a ressonância não vem dele, mas é roubada violentamente da vítima), mas não sei que tipo de Preço de Poder o ritual teria (aceito sugestões). Precisaria ser algo, claro, prejudicial a um vampiro.

A versão "pura" do ritual, não, o ritualista teria de estar vivo.

E vale lembrar que o sangue eventualmente perderá a potência. Provavelmente, um dia de duração por sucesso. Nada é eterno.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://drive.google.com/folderview?id=0B0O6h4ypgES5YURxSWlrN3Vt
O Pi

avatar

Mensagens : 88
Data de inscrição : 01/06/2015
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Sex Ago 14, 2015 5:30 pm

Eu colocaria um Preço de Poder semelhante ao de Erguer os Mortos. Uma aura de morte que causasse penalidade social e/ou fizesse o ritualista ser sentido como criatura sobrenatural. Esse último efeito seria irrelevante para o vampiro, mas eu não ligaria, por ele já ser uma criatura que rouba vida, então não estaria fazendo nada de novo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deicide
Admin
avatar

Mensagens : 112
Data de inscrição : 31/05/2015
Idade : 36

MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   Sab Ago 15, 2015 12:38 pm

Outra possibilidade é causar alguma marca física de corrupção. Rituais podem ter efeitos mais notáveis em criaturas sobrenaturais. (Apenas ideias.)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://drive.google.com/folderview?id=0B0O6h4ypgES5YURxSWlrN3Vt
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: PONTOS DE PODER   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PONTOS DE PODER
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Rejeição de Pontos
» Pontos altos pessoais 1
» Tartarugas e Peixes
» Molinésia e Platy estranhos.
» Compressor de ar e mangueira

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Ao Cair da Noite :: Ao Cair da Noite :: ACN Livro de Regras-
Ir para: